Benefício Bloqueado
Clique no Botão Acima se o benefício estiver Bloqueado

Aumento do Bolsa Família 2018

Muitas pessoas querem saber sobre o Aumento do Bolsa Família 2018 e isso ocorre pois as famílias desejem dar uma vida melhor para seus filhos e parentes.

E já foi anunciado que em 2018 realmente haverá esse aumento!

O ministro Osmar Terra anunciou que haverá aumento acima da inflação para os beneficiários do programa.

Essa notícia saiu em vários canais midiáticos como Globo, Veja, Folha e O Dia, sendo uma boa notícia para as famílias em situação de pobreza e extrema pobreza do nosso país.

Aumento do Valor do Bolsa Família 2018

Por que do Aumento do Bolsa Família 2018?

O ministro estima que o aumento no orçamento disponível para o programa vai de 80 bilhões de reais em 2017 para 91 bilhões de reais em 2018.

Ele diz que, principalmente, esse reajuste se dará por uma brecha no orçamento.

Segundo ele, o dinheiro que “sobrou” é devido à revisão de alguns benefícios como os de auxílio doença.

Claro que o fato de 2018 ser um ano eleitoral também influencia nisso, não sejamos ingênuos.

De qualquer forma, isso é muito bom pois dará melhores condições de vida para as famílias mais pobres do Brasil.

Quando deve ocorrer o Aumento do Bolsa Família 2018?

 

Segundo o ministro do Ministério do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, o reajuste deverá ocorrer entre março e abril de 2018.

Caso haja um reajuste nesse período, provavelmente, será devido a isso.

Então fique atento se você recebe ou conhece alguém que recebe o benefício nesse fato para que saiba corretamente o porquê da alteração dos valores.

O reajuste ajudará muitas famílias, fique atento com relação a isso!

Qual o valor do Bolsa Família em 2017?


Existem vários critérios que são levados em consideração no valor do cálculo do benefício.

Todos eles giram em torno da renda per capita e da composição familiar.

É possível analisar os benefícios individuais, porém somente após uma melhor análise da família é possível saber o valor que a mesma receberá.

Em 2017 o valor pago individualmente é:

  • Benefício básico: R$ 85,00;
  • Benefício Variável de 0 a 15 anos: R$ 39,00;
  • Benefício Variável à Gestante: 39,00;
  • Benefício Variável Nutriz: R$ 39,00;
  • Benefício Variável Jovem de 16 a 17 anos: R$ 46,00; e
  • Benefício para Superação da Extrema Pobreza: Varia de acordo com a renda per capita e completa a renda familiar até chegar a R$ 85,00 por pessoa com os demais benefícios do Bolsa Família.

É possível acumular um benefício básico, cinco benefícios variáveis, dois benefícios variáveis jovens e um benefício de superação de extrema pobreza.

Então cada família recebe um valor diferente baseado nas suas necessidades e na composição familiar.

É possível dar o valor individual dos benefícios mas não é possível precisar quanto uma família irá receber sem analisar o cadastro dela individualmente.

Com o Aumento do Bolsa Família 2018 mais famílias vão ter direito?

Reajuste do Bolsa Família 2018

Provavelmente sim.

Normalmente quando há reajuste no Bolsa Família há, também, modificação na linha da pobreza e da extrema pobreza.

Atualmente a linha da extrema pobreza é de R$ 85,00 per capita e qualquer família que esteja nessa situação poderá receber o benefício.

Já a linha da pobreza é de R$ 85,01 a R$ 170,00 e as famílias que recebem, nesse caso, são apenas as que possuem menores de idade, gestantes ou nutrizes em sua residência.

Esses números podem ser modificados para mais, o que facilitaria a entrada de novos beneficiários no programa.

Atualmente o programa atende a cerca de 13,9 milhões de famílias em todo o país, dando uma melhor condição de vida àquelas pessoas que tanto necessitam do benefício.

Cadastro do Bolsa Família em 2018

 

Para fazer o cadastro deverá procurar um órgão da Assistência Social em seu município e obter maiores informações.

Normalmente o setor do Cadastro Único funciona junto dessa secretaria.

Em alguns municípios a gestão municipal do cadastro funciona separado, como a gestão é descentralizada, cada município atende seus cadastrados de forma diferente.

Procure saber no seu município como funciona.

Documentos necessários

Como a gestão é descentralizada, cada município cria sua própria regra na hora de coleta dos documentos.

Mas o Governo Federal diz que são obrigatórios apenas os seguintes documentos:

  • CPF ou Título de Eleitor do Responsável Familiar;
  • Um documento de cada uma das outras pessoas da casa.

Porém é critério do município exigir determinada documentação como forma de facilitar o atendimento.

As documentações que podem ser solicitadas são:

Comprovante de residência(conta de água, conta de energia elétrica, conta de telefone);

  • CPF de todos;
  • Identidade;
  • Certidão de Nascimento;
  • Título Eleitoral dos maiores;
  • Carteira de Trabalho;
  • Certidão Negativa do INSS(comprovante de rendimentos do aposentado ou pensionista);
  • Holerite ou Contracheque(comprovante de rendimentos de quem estiver trabalhando de carteira assinada).

Esses são os mais comuns de serem solicitados e facilita o atendimento se tiver com todos eles em mãos.

Nossa recomendação é que sejam levados todos os que forem solicitados pela gestão municipal.

Pra que perder tempo discutindo se poderá levar todos e ter a certeza de ter um bom atendimento?

Como Consultar o Saldo do Bolsa Família 2018?


Com o Aumento do Bolsa Família 2018 cria-se muita expectativa nas famílias para saber se o delas vem com o valor reajustado ou não.

Para saber o valor correto que se está recebendo o beneficiário poderá usar o 0800 do Bolsa Família da Caixa Econômica Federal. Basta seguir o passo a passo abaixo:

  • Ligue para o número 0800 726 0207;
  • Aguarde a telefonista eletrônica falar as opções e tecle 2;
  • Aguarde novamente a telefonista eletrônica falar as opções e tecle 2;
  • Digite o número do seu NIS* e ouça seu saldo.

* Caso não saiba o número do seu NIS procure a gestão municipal do programa para se informar sobre o mesmo.

Outra forma de saber o valor exato é através de uma Agência Lotérica ou de uma Agência da Caixa.

Mas é muito mais fácil apenas ligar, não é mesmo?

Conclusão sobre o Aumento do Bolsa Família 2018

O Aumento do Bolsa Família 2018 vai ser muito bom pois aumentará a renda das famílias em situação de pobreza e extrema pobreza.

Podendo, assim, dar uma melhor condição de vida para as famílias mais carentes do nosso Brasil.

Claro que o governo Temer pode estar usando isso para angariar votos, mas não deixa de ser uma coisa boa.

Lembrando que a previsão inicial é que ocorra nos meses de março e abril de 2018, se acontecer o aumento no benefício de alguém nesse período o motivo deve ser esse.

O que você achou sobre essa notícia de Aumento do Bolsa Família 2018? Deixe-nos um comentário sobre essa informação e como ela poderá impactar no dia a dia dos brasileiros mais carentes.

Aumento do Bolsa Família 2018
5 (100%) 128 votes
2 Comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *