Benefício Bloqueado
Clique no Botão Acima se o benefício estiver Bloqueado

Benefícios do Bolsa Família

Você sabe quais são os Benefícios do Bolsa Família?

Se não, é bom saber de início que o Bolsa Família possui como objetivos a melhoria da condição de vida das pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza.

Dando a essas famílias uma maior dignidade e aproximando das pessoas mais abastadas no que diz respeito à igualdade de oportunidades.

O Programa foi criado com o objetivo de substituir alguns benefícios já existentes, como Bolsa Escola e Vale Gás, integrando tudo em um único cadastro sendo chamado de Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Mas, é bom saber, que existem vários valores a serem liberados a depender da renda e da composição familiar.

Benefícios do Bolsa Família valor

Benefícios do Bolsa Família: Tudo em um único cartão

O Programa Bolsa Família foi uma iniciativa de junção de vários programas de distribuição de renda que já existiam.

Ele é uma iniciativa bem sucedida pois coloca tudo em um único cadastro e em um único cartão.

Mas existem vários tipos que podem ser liberados. Sendo eles:

Benefício Básico

É liberado às famílias em situação de extrema pobreza.

Ou seja, é liberado atualmente para aquelas famílias que possuem renda mensal de até R$ 85,00 por pessoa.

O valor a ser liberado é de R$ 85,00 mensais.

O mesmo é pago mesmo que não tenha gestante, nutriz ou menor de idade na casa.

Benefício Variável


É destinado a famílias pobres e extremamente pobres que possuem renda per capita de até R$ 170,00.

O valor é de R$ 39,00 e é liberado no máximo 5 benefícios por mês para cada família, totalizando R$ 195,00 no máximo.

É pago 1 para cada integrante familiar que for:

  • Criança ou adolescente de 0 a 15 anos;
  • Gestante;
  • Nutriz.

Sendo que os benefícios às gestantes podem ser pagos até 9 parcelas e às nutrizes podem ser pagos até 6 parcelas(isso à partir da data do início do recebimento do benefício).

Portanto é importante informar o gestor municipal qualquer modificação e, também, informar à área da saúde que recebe o Bolsa Família para que o benefício seja incorporado ao total recebido.

Benefício Variável Jovem

Pagos às famílias que estão em condição de pobreza ou de extrema pobreza.

Para recebe-lo é necessário ter na composição familiar adolescentes com idade de 16 ou 17 anos.

O valor a ser pago, nesse caso, é de R$ 46,00 por mês. Cada família poderá receber até 2 benefícios mensais, sendo que totaliza R$ 92,00.

Benefício para Superação da Extrema Pobreza – BSP


Destinado apenas às famílias que se encontram em situação de extrema pobreza, ou seja, que possuem renda per capita mensal de até R$ 85,00.

É liberado apenas um por mês para cada família.

O valor do mesmo varia de acordo com o cálculo realizado com a renda obtida pela pessoa e o valor já recebido pelo Bolsa Família.

Mas é importante saber que, segundo ele, nenhuma família pode receber menos de R$ 85,00 mensalmente somando-se os benefícios recebidos e a renda obtida pela família trabalhando. Caso isso ocorra, é liberado o BSP que é incorporado até que a família supere esse valor mínimo de R$ 85,00.

Observação

Somente as famílias em situação de extrema pobreza poderão acumular o benefício Básico, o Variável e o Variável Jovem, até o máximo de R$ 372,00 por mês.

Como também, podem acumular 1 (um) benefício para Superação da Extrema Pobreza. ​

Sendo assim, o valor máximo que uma família poderá receber é de R$ 85,00 por pessoa(há um arrendondamento para mais em alguns caso).

Pobreza e Extrema Pobreza

Esses termos são muitos usados no texto que compõe esse artigo, isso porque são eles que delineiam o que cada uma das famílias podem receber e, também, quem tem direito ao Bolsa Família.

Mas você sabe o que significam esses termos em 2017?

Situação de Extrema Pobreza em 2017

Desde 2016, se enquadram em situação de extrema pobreza as famílias que possuem renda per capita de até R$ 85,00.

Ou seja, somando-se todos os valores recebidos e dividido pelo número de pessoas da residência, são consideradas em situação de extrema pobreza aquelas que possuem renda por pessoa de até R$ 85,00.

Note que esse valor é bem baixo, mas é um dos principais critérios para a liberação dos Benefícios do Bolsa Família.

Situação de Pobreza em 2017

Se enquadram em situação de pobreza aquelas famílias que possuem renda per capita de R$ 85,01a R$ 170,00.

Deve-se somar as rendas obtidas por todos os integrantes familiares e dividir pelo número de integrantes. Assim, serão consideradas como em situação de pobreza aquelas que possuírem renda por pessoa de R$ 85,01a R$ 170,00.

Se a renda per capita familiar for superior a R$ 170,00 então não possui direito a nenhum dos Benefícios do Bolsa Família.

Conclusão sobre os Benefícios do Bolsa Família

São muitos os Benefícios do Bolsa Família e é preciso estudar direito para saber quanto irá receber.

O pagamento dos mesmos é feito pela Caixa Econômica Federal.

Sendo assim, o mesmo pode ser sacado em Agências da Caixa, Casa Lotérica ou em Conveniados.

Como é um dos maiores bancos do Brasil, isso torna o recebimento facilitado para quem precisa.

O que você achou desse texto sobre os Benefícios do Bolsa Família? Deixe um comentário com dúvidas, sugestões ou críticas.

Benefícios do Bolsa Família
5 (100%) 85 votes

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *